h1

Alimentação viva e saudável à mesa

2 de novembro de 2009
Adriana Cortez

Dentro do mundo gastronômico contemporâneo uma culinária totalmente natural que passa bem longe dos processos industrializados vem se destacando. Para quem não conhece, a alimentação viva dispensa fogões, mas não deixa de ser sofisticada e traz um leque de sabores para os interessados pela comida crua.

Conhecida como crudivorismo, a nova alimentação é à base de frutas, legumes, vegetais, castanhas e sementes e tem como foco a saúde, fundamentando-se na teoria de que as enzimas dos alimentos são quebradas quando cozidos, deixando o organismo com deficiência destas proteínas.

yara roccaA chef Yara Rocca é diretora do portal Saúde à Mesa e consultora em alimentação viva, diz que uma dieta crua é capaz de trazer nutrientes, bem estar, disposição e consequentemente perda de pesa e longevidade.

Essas são algumas razões para provar essa alimentação saudável, que mantém distância de gorduras animais, alimentos com agrotóxicos e conservantes. Segundo Yara, apesar de deixar a comida saborosa, esses tipos de ingredientes podem alterar os sabores verdadeiros e prejudicar a saúde.

No portar Saúde à Mesa encontram-se maiores informações sobre a cozinha viva, além de promover Oficinas de Alimentação Viva ministradas por Yara Rocca. A última oficina do ano acontecerá nos dias 14 e 15 de novembro e tem o valor de R$200,00. A chef apresenta os conceitos e benefícios, além de ensinar a preparar pratos para todas as refeições, incluindo aqueles lanchinhos da tarde. No vídeo, Yara fala um pouco sobre seu trabalho.

Como sugestão indicamos a receita de Canelone de Ricota de Castanhas, feita somente no liquidificador.  

Ingredientes:
Alho poró
100 gramas de Castanhas-do-Pará
1/2 limão
Azeite
Sal
0 gramas de tomate seco
2 abobrinhas
Manjericão
Orégano
Água

Modo de preparo: Bater um punhado de castanha do Pará no liquidificador, depois de trituradas misture água e bata novamente. Coe num saco de voal ou em uma peneira e reserve a ricota (pasta) que sobrar. Fatiar uma abobrinha bem fina, pegar cada fatia e rechear com a ricota (pasta) de castanha e enrole.

Molho: Jogue as sobras da abobrinha, o alho poró picado, 2 dedos de azeite, ½ limão, água, sal, manjericão e bata tudo no liquidificador e jogue por cima do canelone de abobrinha, polvilhe orégano, enfeite com tomate seco ou uma folha verde e pronto.

caneloni

Inscrições para Oficina de Alimentação Viva:através do e-mail yara@saudeamesa.com.br  com nome, e-mail, telefone, idade, cidade e profissão.
Próxima turma: 14 e 15 de novembro, das 14h às 17h.
Mais informações: www.saudeamesa.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: