h1

Especialidade privada

9 de dezembro de 2009
Adriana Cortez

No dia 9 de dezembro os países da União Européia decidiram conceder a pizza napolitana ou marguerita o título de “Especialidade Tradicional Garantida” (STG, na sigla em inglês).

O STG será denominado apenas aos fabricantes mais fiéis as exigências européias. Os outros poderão apenas usar o nome napolitana, mas sem o título. Os produtos congelados estão excluídos, pois ser assada em forno a lenha é uma característica a ser considerada pelo STG.

Outras características para decidir se a pizza é a verdadeira napolitana são: o pizzaiolo, a borda realçada de cor dourada, típica dos produtos cozinhados ao forno; a massa macia e a combinação única de ingredientes: tomate, mussarela de búfala, azeite, sal e alfavaca fresca para a “margarita”; ou tomate, orégano e alho, em outra versão.

O nome napolitano vem da cidade em que nasceu Nápoles, e o marguerita devido ao nome da primeira rainha da Itália unificada, Margarita de Saboya. Desde que foi criada em 1889 seus ingredientes, tomate, mussarela e alfavaca, formam as cores da bandeira nacional.

Hoje a Itália possui 25 mil pizzarias que empregam 150 mil pessoas, e um volume de negócios anual de 5,3 bilhões de euros. De acordo com o  ministro italiano de Agricultura, Luca Zaia, a decisão foi uma grande vitória para o país. “Há muito tempo é imitada com produtos que nada têm a ver com a verdadeira pizza napolitana”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: