h1

Cheiro bom, até demais!

2 de agosto de 2012
Adriana Cortez

Nativo da Amazônia o cupuaçu possui uma polpa com um delicioso, porém forte perfume. O cheiro é daqueles que fica por todo lugar, até dentro do armário você sentirá o cupuaçu.

Já as sementes são modificadas durante o processamento, as gorduras e proteínas permanecem, mas a cor passa a ser marrom-avermelhada. As substâncias estimulantes são praticamente inexistentes, portanto se você procura agitação precisará de uma boa dose de café.

Conheça o cupuaçu de fora para dentro:

FRUTA
Cupuaçu bom é aquele que se cata no chão, do lado da árvore. Ele só está totalmente maduro quando solta do galho. A fruta que chega a São Paulo vem da Bahia e é quase sempre colhida antes do tempo.

CASCA
Marrom, dura e com pelos, a casca continua praticamente imutável desde o estágio bojudo até o completo apodrecimento. É difícil acertar na compra dos frutos inteiros.

POLPA
Densa, mais ácida que doce, perfumada e rica em vitamina C, ela pode ser congelada – e dessa forma mantém suas características desde que esteja separada da semente.

SEMENTE
As sementes só são gostosas depois da fermentação e da secagem, em que aminoácidos e açúcares se transformam para trazer à tona o sabor de chocolate, ausente na semente fresca. Eu mordi e cuspi: fresca, crua e cozida!

Fonte: Caderno Paladar – Estadão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: